Ícone para loading

Mixxon logo

A Franja de Lado Voltou
Lifestyle

A Franja de Lado Voltou

Quem se lembra da franjinha de lado da eterna Rachel Green (Jennifer Anniston) de Friends?

 

O corte da personagem bombou na época do seriado! (Foto Pinterest/Reprodução)


Para quem era fã do corte, eu tenho uma ótima noticia: ele voltou com tudo – aliás, estilo dos anos 2000 está em alta no momento! 

 

E o que mudou na versão 2017 da franja de lado? Em primeiro lugar, a naturalidade. Se antes muitos cortes pareciam um pouco forçados demais para destacar o franjão a qualquer custo, a versão atual prioriza a leveza no corte. Além disso, uma franja bem cortada é uma franja poderosa!

 

Rosie Huntington Whiteley é adepta do corte (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Jennifer Anniston também atualizou o corte sucesso de sua personagem em Friends (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Vem tendência, vai tendência, estamos sempre com a mente aberta para esse tipo de estilo que dá um resultado jovem e leve ao rosto.


E para quem acredita que a franja fica bem somente para quem tem o rosto fino, esqueça isso agora mesmo, pois a franja de lado é ótima para alongar rostos redondos, e para suavizar os traços fortes de rostos quadrados (contanto que seja usada num comprimento mais longo!).

 

A modelo Bella Haddid aposta na franja de lado e arrasa (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Reese Witherspoon tem o rosto mais quadrado e aposta na tendência capilar (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Além disso, funciona muito bem nos rostos com formato diamante, que costumam ter a testa bem mais estreita que as maçãs do rosto. Neste caso, franjas laterais desconexas vão dar a ilusão de que a área da testa é um pouco maior, amenizando a largura das maçãs do rosto.

 

Jennifer Ganner também usa a franja de lado! (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Angelina Jolie também já apostou no estilo (Foto Pinterest/Reprodução)

 

Para um caimento mais natural, é recomendado que sejam levemente repicadas nas pontas.


Quem aí já tá prontinha pra passar a tesoura e renovar o visual?!

 

Texto por Carol Vilhena

Talvez você também goste